Portugal conquista o bronze no Mundial de Padel feminino

Seleção nacional conquista terceiro lugar no Mundial de Padel Redação, 3 nov (Lusa) – A seleção nacional feminina alcançou este sábado o terceiro lugar no Campeonato do Mundo de Padel, que terminou hoje em Assunção, no Paraguai, onde a equipa masculina terminou em quinto. A equipa portuguesa, que passou a fase de grupos em primeiro lugar, bateu hoje a Itália, por 2-1, para alcançar a terceira posição num Mundial, depois de ter conquistado o Campeonato da Europa em 2015 e há um ano ter sido vice-campeã logo atrás de Espanha.

No Paraguai, a seleção nacional só cedeu perante a Argentina, nas meias-finais, cedendo assim a qualificação para a final que será disputada por Espanha e a equipa alviceleste, numa reedição do encontro decisivo de há dois anos, na Quinta da Marinha. “A Nogui [Ana Catarina Nogueira] e a Pipa [Filipa Mendonça] venceram facilmente o primeiro encontro com Itália, por 6-1 e 6-2, e sem muitas dificuldades. Eu e a Leninha [Helena Medeiros] jogámos o segundo encontro para tentar assegurar a vitória e conseguimos, por 6-3 e 6-4, mas não foi fácil. Já estamos a acusar algum cansaço e com as pernas mais pesadas de quem está no final de uma época preenchida tanto a nível nacional como internacionalmente”, contou Sofia Araújo em declarações à agência Lusa, revelando ter Margarida Fernandes e Patrícia Ribeiro cedido o último encontro, por 6-1 e 6-2.

Cumprido o objetivo pré-estabelecido, “o terceiro lugar”, Sofia Araújo faz um balanço muito positivo da participação de Ana Catarina Nogueira, Filipa Mendonça, Helena Medeiros, Margarida Fernandes, Marina Afonso, Patricia Ribeiro e Inês Conde na XIV edição do evento que decorreu no Paraguai. “No geral foi um Mundial muito bom da nossa parte. Tínhamos um grupo difícil, onde estava o Brasil, que não era uma tarefa fácil. Ainda assim ganhámos, mas logo a seguir jogámos contra a França, uma equipa que tem vindo a crescer muito, e conseguimos vencer. Com a Argentina, nas meias-finais, estivemos muito perto, tanto eu e a Leninha como a Nogui e a Pipa fomos a terceiro set, mas não foi possível. São derrotas que custam, mas estamos muito contentes e queremos agradecer o apoio de todos em Portugal, equipa técnica”, concluiu a lisboeta e número 35.º do ‘ranking’ mundial.

A equipa masculina, composta por Vasco Pascoal, Miguel Oliveira, Diogo Schaefer, Francisco Neves, João Bastos, Ricardo Martins, Sebastião Mendonça e Bernardo Bastos, por sua vez, conquistou um histórico quinto lugar, após a vitória diante o Uruguai, por 3-0.

SRYS Sofia Ramos Silva