Panatta e RG em setembro: «Não podemos andar todos atrás do Federer»

Por Tiago Ferraz - Abril 2, 2020
federer-xangai
Foto: Rolex Shanghai Masters

O antigo tenista italiano Adriano Panatta falou da questão do torneio de Roland Garros se realizar em setembro, mostra-se recetivo e, ao La Stampa, afirmou que a data do Grand Slam francês é acertada:

«Para mim, colocar Roland Garros em finais de setembro é a decisão mais acertada. É certo que passar de piso rápido para terra batida em tão pouco tempo é um pequeno problema para os tenistas, talvez se fosse melhor Roland Garros começar uma semana mais tarde», disse, citado pelo Punto de Break.

Ainda assim, Panatta deixa críticas a Roger Federer e à Laver Cup que está, inicialmente, marcada para o fim de semana de 25 e 27 de setembro data que coincide com o torneio de Roland Garros:

«Gosto do Federer, mas ele fez um negócio por conta própria e tem que entender a decisão. Não podemos andar todos atrás dele. As instituições têm que salvaguardar os torneios com mais tradição mesmo que isso incomode o Federer. Roland Garros tem mais de 100 anos de história. Isso é algo que poucos torneios podem dizer que os têm», concluiu.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.