Os números que dão favoritismo a Nadal na terra batida

Por Bola Amarela - Abril 7, 2019

Basta olhar para os resultados, para os títulos e até para o ténis que Rafael Nadal engendra em court para perceber por que razão é aclamado rei da terra batida, mas não há como os números para confirmar e atestar o favoritismo que é dado ao espanhol de 32 anos sobre qualquer adversário quando pisa o pó-de-tijolo.

O ATP e a Infosys apresentam as estatísticas que estão por detrás dessa vantagem, pela calculadora do especialista Craig O’Shannessy, que trabalha na equipa de Novak Djokovic. Segundo O’Shannessy, o segredo está na resposta ao serviço primeiro e serviços. “Depois de devolver o serviço bem atrás da linha de fundo, avança imediatamente e coloca-se em posição para a troca de bolas”, analisou.

Os números que se seguem são o resultado de uma amostra de 20 encontros em terra batida nas últimas duas temporadas, tendo o campeão de 11 títulos em Roland Garros vencido 18 duelos e cedido apenas dois (frente a Dominic Thiem (Madrid 2018 e Itália 2017).

Resposta ao primeiro serviço:

Nadal: 84,1%
Adversários: 79,4%

Resposta ao segundo serviço:

Nadal: 90%
Adversários: 85,2%

Pontos conquistados no primeiro serviço do adversário:

Nadal: 44,7%
Adversários: 31,1%

Pontos conquistados no segundo serviço do adversário:

Nadal: 52,4%
Adversários: 33,2%

 

Bola Amarela