Orlando Luz e Clezar avançam para a segunda ronda em Punta Del Este

Por Tiago Ferraz - Janeiro 28, 2020
orlando-luz-braga

Os tenistas brasileiros Orlando Luz e Guilherme Clezar estão na segunda ronda do challenger de Punta Del Este depois de vencer Ugo Carabelli e Pedro Cachin respetivamente.

O primeiro a entrar em court foi Clezar que teve um encontro tranquilo vencendo Pedro Cachin por 6-6 e 7-6(0). O primeiro set foi muito equilibrado e ficou definido com única quebra de serviço, no quinto jogo,  e partir desse momento geriu o parcial para vencer a partida inicial por 6-4.

Na segunda partida manteve-se a grande proximidade entre  os tenistas que estiveram menos eficazes na pancada de serviço o que fez com que o resultado estivesse empatado 6-6 no 12.º jogo já com dois breaks para cada lado.

O encontro decidiu-se num tiebreak que foi favorável a Clezar que dominou e venceu por um esclarecedor 7-6(0).

Na próxima ronda, Guilherme Clezar vai medir forças com o argentino Andrea Collarini 12.º cabeça de série.

Orlando Luz também está apurado para a segunda ronda depois de ultrapassar Ugo Carabelli pelos parciais de 6-4 e 6-2. O tenista canarinho esteve muito bem no serviço ao longo de toda a primeira partida, venceu todos os jogos e, com um break no sétimo jogo, esteve tranquilo e acabou por vencer o set inaugural por 6-4.

Na segunda partida Orlando Luz manteve-se por cima, voltou a estar eficaz na pancada de serviço e , com dois breaks consecutivos, nos terceiro e quinto jogos, venceu o set e o encontro por 6-2.

Na próxima ronda, Orlando Luz vai jogar com o argentino Francisco Cerundolo que só sabe vencer em 2020.

Pedro Sakamoto também venceu diante do lucky loser Emiliano Troche, em dois sets, pelos parciais de 6-2 e 6-0 num encontro resolvido em pouco mais de uma hora.

Quem teve menos sorte foi o jovem Rafael Matos que perdeu com Nicolas Alvarez, em três partidas, pelos parciais de 6-3, 4-6 e 3-6.

Thiago Monteiro e Thiago Wild beneficiaram de um bye e entram em cena na segunda ronda.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.