Ofner comandava por 6-4, 5-0 perante o seu público e… perdeu em Kitzbuhel

Por José Morgado - Agosto 2, 2023

Sebastian Ofner está a fazer a melhor época da sua carreira. Chegou a Kitzbuhel bem integrado no top 100 ATP e com o estatuto de número um austríaco, mas viveu esta quarta-feira aquele que terá sido um dos maiores pesadelos da sua carreira, ao ser eliminado na segunda ronda (o seu primeiro encontro, depois de um bye) do torneio disputado no meio dos Alpes.

É que o atual número 61 ATP comandava por 6-4 e 5-0 diante do eslovaco Alex Molcan (120.º) quando colapsou totalmente durante cerca de 45 minutos. Perdeu o segundo set, caiu para break abaixo no terceiro set, ainda se recompôs mas já não foi a tempo: perdeu por 4-6, 7-5 e 7-6(5), num verdadeiro ‘choke’ dos antigos que entrará para a história da temporada ATP.

Leia também:

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt