O2 Arena com medidas de segurança reforçadas para as Finals

A O2 Arena de Londres quer reforçar a segurança antes das World Tour Finals, prova que encerra a época do circuito profissional e que reúne os oito melhores do ano, informou esta quarta-feira a ATP.

Além das inspeções de rotina, este ano a ATP e a segurança do pavilhão, localizado a sudeste da capital, querem introduzir “uma nova política de [inspeção] de embalagens” para o torneio deste ano. “Só as embalagens que assentem sobre um assento serão permitidas no local. As que ultrapassem o tamanho permitido devem ser deixadas num depósito”, referiu a ATP, em comunicado.

Este ano, o britânico Andy Murray vai estrear-se oficialmente como número um no grupo John McEnroe do evento, juntamente com o suíço Stan Wawrinka, o japonês Kei Nishikori e o croata Marin Cilic. No grupo Ivan Lendl, o sérvio Novak Djokovic, o atual campeão, lutará junto do canadiano Milos Raonic, um dos ‘novatos’ deste ano, do francês Gael Monfils e do austríaco Dominic Thiem.

O torneio terá duas baixas importantes, a do espanhol Rafael Nadal, que decidiu não jogar devido à sua lesão num pulso, e o suíço Roger Federer, que saiu dos dez primeiros do ranking pela primeira vez desde 2002.