Nuno Borges deixa escapar oportunidade e despede-se nos quartos-de-final em Alicante

Por Bola Amarela - Outubro 15, 2021

Nuno Borges esteve perto de seguir o exemplo de João Sousa, que derrotou o compatriota Frederico Silva, mas acabou por não carimbar o passaporte rumo às meias-finais do Challenger de Alicante. O número 273 do ranking ATP até impôs uma impressionante reviravolta diante do francês Hugo Grenier (203.º), mas acabou por não aguentar a vantagem na terceira partida.

Borges caiu com os parciais 6-4, 3-6 e 6-4, isto depois de uma autêntica montanha russa. O maiato de 24 anos esteve a perder por 6-4 e 1-0, com break de desvantagem, mas disparou nesse momento e chegou a liderar por 3-1 no terceiro parcial. O problema é que Grenier voltou a estabilizar, deixou de cometer erros e alcançou uma reviravolta decisiva para avançar para as meias-finais, onde vai defrontar o alemão Oscar Otte (138.º e 3.º cabeça-de-série).

Nota para o facto de Nuno Borges já ter garantida a subida ao seu melhor ranking de sempre ainda assim. O português vai saltar para o 267.º posto da hierarquia mundial masculina, batendo a antiga melhor marca por uma posição.

João Sousa vence Frederico Silva em grande batalha e regressa a umas meias-finais mais de dois anos depois

Bola Amarela