Novak Djokovic é o rei e senhor de Wimbledon pela terceira vez

Por admin - 12 Julho, 2015

Cinco títulos no Open da Austrália, um título no Open dos Estados Unidos e, agora, três troféus de Wimbledon – a partir de hoje, é este o estado do palmarés de Novak Djokovic no que aos torneios do Grand Slam diz respeito. O número um mundial revalidou o estatuto de campeão no torneio londrino depois de derrotar Roger Federer, que já lá venceu sete vezes.

Foi com os parciais de 7-6(1), 6-7(10), 6-4 e 6-3 ao cabo de três horas que Novak Djokovic saiu uma vez mais invicto do All England Club. Roger Federer foi até quem entrou no encontro de forma mais agressiva e subia à rede sempre que era preciso para conseguiu o resultado de 4-2, mas acabou por desperdiçar a vantagem, bem como dois set points – graças a bons serviços do seu adversário -, durante o primeiro parcial.

Com o marcador do seu lado, Djokovic soltou-se a passou a dominar as trocas de bola quando estas se alongavam, ainda que o encontro estivesse sempre a decorrer com algum equilíbrio. O jogador de 28 anos teve a oportunidade de somar uma vantagem de dois sets a zero quando Federer servia a 4-5 e ainda no tiebreak.

Contudo, ao contrário do que acontece na partida anterior, foi Djokovic a desperdiçar set points – um total de sete (!) – diante do número dois da hierarquia. E de repente, tudo estava equilibrado.

Com o terceiro ser veio também a chuva, isto numa altura em que Nole tinha já um break de vantagem e continuava a dar passos largos em direção ao troféu. A interrupção não forçou o fecho do teto e o regresso dos jogadores ao court não inverteu o rumo dos acontecimentos. Se algo se alterou, foi a prestação de Roger Federer, que desceu de nível e facilitou ainda mais o trabalho do seu oponente.

Novak Djokovic disparou menos winners mas também cometeu muito menos erros diretos. Destaque também para o número de subidas do suíço à rede.

Novak Djokovic disparou menos winners mas também cometeu muito menos erros diretos. Destaque também para o número de subidas do suíço à rede.


Com este triunfo, Novak Djokovic iguala o confronto direto com Roger Federer (20-20) e torna-se no oitavo jogador na história com mais títulos do Grand Slam, somando 48 vitórias e apenas três derrotas na presente temporada.