Nadal recorda o momento em que pensou não jogar mais em 2019: «Estava a jogar com muito sofrimento»

Por Nuno Chaves - 9 Setembro, 2019
nadal

Rafa Nadal é o homem do momento, depois de ter conquistado pela quarta vez na carreira o Open dos Estados Unidos após uma vitória épica frente a Daniil Medvedev.

O espanhol, no final do encontro, passou pelos estúdios do Eurosport, onde recordou o período mais negro da temporada, no início da terra batida, altura em que os resultados teimavam em não aparecer.

“Monte Carlo e a primeira ronda de Barcelona foram momentos difíceis porque pensei em parar uma temporada estava a jogar com muito sofrimento físico acumulado. Quando tens problemas recorrentes, a cada semana, não desfrutas de jogar e naquele momento pensei seriamente em parar”, admitiu o número dois mundial.

No entanto, Nadal recusou desistir. “Decidi mudar o chip, tentei lutar, valorizando as pequenas coisas que precisava para aspirar grandes coisas e creio que o caminho foi muito melhor do que alguma vez sonhei. É verdade que tive uma grande equipa, sem excepção. Estiveram nos momentos complicados, sem a confiança deles tinha sido impossível”, relembrou.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.