Nadal poderia não ter ido à terra batida: «Pensei em parar para regenerar o meu corpo»

Por José Morgado - Junho 10, 2019

Rafael Nadal, número dois mundial e 12 vezes campeão de Roland Garros, deu esta segunda-feira uma longa entrevista ao jornal espanhol ‘As’, um dos muitos que esteve com o campeoníssimo em Paris, onde conquistou mais um troféu para o seu palmarés. O maiorquino de 33 anos não escondeu que viveu uns últimos meses muito difíceis e admitiu que chegou a pensar… parar.

“Toda a gente sabe os problemas pelos quais passei nos últimos 18 meses. Depois de Indian Wells [desistiu nas meias-finais] tive uma quebra física e anímica. Na minha cabeça havia várias alternativas. Cheguei a pensar em parar para regenerar o meu corpo. A outra opção era seguir em frente, mas com outra dinâmica. Por momentos não vi a luz. Era preciso um câmbio de chip”, confessou de forma honesta o balear.

O espanhol admitiu que não foi nada fácil voltar ao trabalho em Maiorca, em março. “É difícil, porque tinha uma pequena rotura e sabia que tinha de parar mais umas semanas, deixar de jogar ténis e depois regressar. E nunca se regressa perfeito. Há sempre dores. Não me canso de sofrer em campo, o ténis é a minha paixão. A vida é assim, não apenas o ténis: é uma acumulação de dores. De dor em dor…”

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.