Nadal: «Ninguém quer ténis sem público, mas temos de ser responsáveis»

Por José Morgado - Fevereiro 13, 2021
nadal

Rafael Nadal, número dois mundial, qualificou-se este sábado para a segunda semana do Australian Open e no final do encontro mostrou-se contente com a vitória, ainda que admita que poderia ter vencido mais facilmente quase tivesse aproveitado as suas chances.

“Foi complicado, sabia que ia ser. Não aproveitei as minhas oportunidades no início de cada set e as coisas depois complicaram-se. Estes são os melhores jogadores do Mundo, é normal que tenhamos de sofrer um pouco. É bom continuar a melhorar e na segunda semana terei de jogar melhor”, confessou na entrevista após o encontro.

Nadal explica que é sempre diferente defrontar esquerdinos. “Há que adaptar. Não coloco demasiada atenção nessas questões, de defrontar esquerdinos. Apenas um ou outro ajusto. Não foi perfeito, tenho de melhorar, mas é normal. Estive muito tempo sem competir.”

O campeoníssimo não gosta de jogar sem público, mas assume que esse acaba por ser um mal menor. “É completamente diferente não ter público. Ninguém quer isto. Mas este não é o momento para esquecermos a situação que estamos a viver. É tempo de ser responsáveis e esperemos que as coisas melhorem e possamos ter público no final do torneio.”

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt