Nadal: «Esqueçam as estatísticas: continuo a ser melhor em terra»

Por José Morgado - Dezembro 30, 2019
rafael-nadal

Rafael Nadal, número um mundial, terminou 2019 com estatísticas mais positivas em piso rápido e em relva do que em terra batida, mas nem por isso se dá ao luxo de dizer que a sua relação com as superfícies mudou substancialmente.

“As estatísticas dizem o que dizem, mas esqueçam isso: continuo a ser mais forte em terra. Os meus números em piso rápido são muito bons mas foram impulsionados pelos títulos em Roma e Roland Garros. Para além disse, houve dois torneios onde desisti nas meias-finais antes de jogar — Indian Wells e Paris — e por isso não contou como derrota”, recordou o maiorquino de 33 anos.

Nadal vai iniciar a sua temporada de 2020 na ATP Cup, em Perth, na Austrália, ao serviço da seleção espanhola.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.