Nadal: «A única boa notícia é que o meu pé esteve melhor do que ontem»

Por Pedro Gonçalo Pinto - Agosto 6, 2021

Rafael Nadal disse adeus ao torneio de Washington, que nunca tinha disputado em toda a carreira, ao cair nos oitavos-de-final frente ao sul-africano Lloyd Harris. No entanto, nem tudo foi mau para o espanhol. É que o próprio Rafa destacou o facto de as dores no pé direito, que o obrigaram a desistir de Wimbledon e Jogos Olímpicos, acabaram por ser bastante mais leves desta feita.

“Simplesmente não estava pronto. A única boa notícia é que o meu pé esteve melhor do que ontem. Enfrentei um jogador que jogou muito bem. Em alguns momentos joguei melhor do que ontem mas, no terceiro set, quando tive oportunidades não as soube aproveitar. Nesse momento, o serviço dele foi uma barreira enorme e joguei realmente mal. Não podes cometer erros nos momentos chave, onde notei que estava mais nervoso. Parabéns para ele, foi uma grande vitória para o Lloyd e desejo-lhe tudo do melhor”, referiu Rafa.

Dentro da mesma linha, Nadal elaborou sobre essas boas notícias. “Mexi-me um pouco melhor e isso é o mais importante, sobretudo para mim, de maneira a desfrutar do desporto, a ter energia e a acreditar que coisas importantes continuam a ser possíveis. Agora tenho de ir melhorando. Estes dois últimos meses não foram fáceis, tive muitos problemas com o meu pé, não pude treinar todos os dias que queria, mas tentei tudo. Lamento pela derrota, mas o desporto é assim”, afirmou.

Pedro Gonçalo Pinto