Murray: «Gosto de encontros longos, mas isto foi demais. Inacreditável»

Por José Morgado - Outubro 20, 2021

Andy Murray continua a provar, semana após semana, que a sua paixão pela modalidade é capaz de ultrapassar dificuldades incríveis e esta terça-feira, em Antuérpia, isso ficou provado uma vez mais. O escocês de 34 anos, que tem uma anca de metal, colocada em 2019, sobreviveu a uma primeira ronda épica diante de Frances Tiafoe, 11 anos mais novo, em três tie-breaks e 3h45, num dos encontros à melhor de três sets mais longos dos últimos anos no circuito masculino.

“Não me lembro de alguma vez ter disputado um encontro com três tie-breaks. É o meu encontro mais longo à melhor de três sets por larga margem. Uma batalha inacreditável. O meu corpo está velho. Joguei muitos encontros na minha carreira. Não me importo de disputar encontros longos, normalmente, mas isto hoje foi demais”, assumiu o ex-líder do ranking ATP no final do encontro.

No entanto, a tarefa não fica mais fácil para Murray, tendo em conta que o próximo adversário é Diego Schwartzman, 13.º ATP e 2.º cabeça-de-série.

ÉPICO! Murray salva match points e vence Tiafoe em… 3h45

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.