Murray e a vitória épica: «São ambientes como este que me fazem continuar a lutar»

Por Nuno Chaves - Julho 1, 2021
Foto: EPA

Andy Murray sobreviveu a uma batalha memorável de cinco sets para se qualificar para a terceira ronda de Wimbledon, numa partida que teve um ambiente incrível.

O antigo número um mundial confessou, no final da partida, que é por isto que não pendura as raquetas. “Esta é uma das razões que me faz continuar a jogar ténis. Não é a única mas jogar com este ambiente a criar todos estes momentos e recordações, é algo que me faz continuar a lutar. Na última hora e meia do jogo, já com o teto amovível, estava com a sensação de que precisava de mais energia”, confessou.

“Tentei ligar-me mais às pessoas. Escolhi uns adeptos das bancadas e olhava para eles continuadamente em todos os pontos para estabelecer uma conexão. Era consciente do grande ambiente que se cria num jogo de ténis. É uma sensação magnífica viver algo assim”, admitiu aos jornalistas.

Murray, que está na terceira ronda no All England Club, vai ter agora pela frente o canadiano Denis Shapovalov.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.