Moyá: «Não sou apenas treinador de Nadal. Somos amigos desde os 11 anos dele»

Por Tiago Ferraz - Dezembro 2, 2020
rafa-nadal

O antigo tenista e atual treinador do espanhol e número dois mundial Rafael Nadal, Carlos Moyá, deu uma entrevista à Libertad Digital onde abordou o atípico ano de 2020 e fala da diferença de performance do maiorquino em piso rápido:

“A nível geral tentamos adaptar-nos às superfícies e às condições que cada torneio nos dá. De facto se virmos um encontro de Nadal na O2 Arena poderemos ver as diferenças existentes no seu jogo quando comparado com o que ele faz em Paris (Roland Garros). No ténis atual os pontos são muito mais rápidos e apenas há espaço para construir os pontos, mas Nadal consegue continuar a fazê-lo e é por isso que é diferente dos outros. Tem planos de jogo diferentes consoante aquilo que o encontro lhe dá e isso é o que diferencia os tenistas de topo dos outros”, salientou, citado pelo Punto de Break.

Carlos Moyá revela ainda que desde que trabalha com Nadal o maiorquino não precisou até hoje de apoio psicológico:

“Desde que estou com Nadal nunca o vi necessitar de um apoio desse género. É alguém que tem a parte psicológica bem vincada. O que ele faz nos momentos de tensão não os aprendeu em lado nenhum. Não foi um psicólogo que o ensinou”, ressalvou.

Recorde-se que este ano de 2020 ficou marcado pela conquista do 13.º título do Grand Slam em Roland Garros para Rafael Nadal que acabou por igualar o recorde de Roger Federer com 20 títulos do Grand Slam cada.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.