Moyá e as ‘meias’ em Paris: «Nadal aprendeu com a derrota em Roma»

Por Tiago Ferraz - Outubro 8, 2020
nadal-roland

O treinador de Rafael Nadal, Carlos Moya, deu uma entrevista à Eurosport Espanha onde projetou a meia-final de Roland Garros entre o maiorquino e Diego Schwartzman.

“Vai ser muito difícil tal como vimos em Roma. O encontro do Diego frente ao Thiem foi incrível e eu acredito que o Diego podia ter vencido de uma forma mais fácil. É verdade que ele também poderia ter perdido o encontro. Foi um duelo dramático e muito emotivo. Os tenistas têm dois dias para recuperar, mas eu sempre disse que um Grand Slam é uma maratona. Quanto menos tempos estiveres em court melhor é tendo em vista as fases finais dos torneios. Ainda assim, o Diego é um tenista incrível e eu não acredito que o fator físico vá influenciar muito no encontro”, disse.

Carlos Moyá respondeu ainda a uma questão que falava numa possível ‘desforra’ pelo que se sucedeu em Roma:

“O encontro em Roma foi estranho porque o Rafa venceu dois encontros contra adversários muito bons e contra o Diego acabou por ser a primeira vez que enfrentou problemas no marcador e não foi capaz de dar a volta à situação a nível físico e mental. Aprendemos muito a partir dessa derrota. Neste momento ele está a um nível excelente, vai ser uma dura batalha a nível mental e eu acredito que temos algumas armas que permitirão ao Nadal competir com garantias (de sucesso)”, salientou.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.