Mouratoglou: «Raducanu pode vencer mais Grand Slams mas ainda é muito cedo…»

Por Nuno Chaves - Março 21, 2022

Emma Raducanu é um dos nomes mais mediáticos do circuito feminino – basta ver a sua incrível lista de patrocínios -, no entanto, desde o incrível título no US Open que as coisas não têm corrido da melhor forma.

A britânica apresenta-se muito irregular ao nível de exibições e resultados mas não é por isso que a esperança na jovem desaparece. Que o diga Patrick Mouratoglou.

“Acho que pode vencer mais Grand Slams mas é claro que é muito cedo para vencer outros porque, no US Open, jogou sem pressão e, de repente, apareceu toda a pressão e ela deixou de ser a jogadora que era antes do US Open”, confessou o treinador, citado pelo Tennis World Usa.

Mas para o francês esta fase instável de Raducanu é compreensível. “Aconteceu tudo tão depressa e acho que ela não tem as bases para estar debaixo de tanta pressão. Ela tem um jogo muito bom e tem uma grande atitude. Mostrou uma boa força mental porque o que ela fez no US Open é algo especial”, admitiu.

“É sempre especial vencer um Grand Slam mas o que ela fez foi realmente especial. Por outro lado, aconteceu tão depressa, que se lhe perguntarem como é que ela fez aquilo, tenho a certeza de que não vai conseguir responder”, concluiu.

  • Categorias:
  • WTA
Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.