Monfils: «Estou triste pelo Djokovic, mas os supervisores fizeram o seu trabalho»

Por Tiago Ferraz - Setembro 15, 2020
djokovic-monfils
Foto: EPA

O tenista francês Gael Monfils deu uma entrevista ao jornal francês L’Equipe onde falou da atualidade tenística, em especial, do episódio que resultou na desqualificação de Novak Djokovic.

“Estou muito triste pelo que se passou com o Novak Djokovic. Gosto mesmo muito dele e surpreendeu-me tudo o que se passou. Os supervisores fizeram bem o seu trabalho, aplicaram as regras. É muito difícil olhar para o que aconteceu e ver as coisas de outras forma ao olhar para as imagens”, revela, citado pelo Punto de Break.

Gael Monfils revela ainda o motivo pelo qual não jogou na edição de 2020 do US Open:

“Havia muitas razões. A minha equipa e eu reunimos para decidir o caminho que deveríamos seguir. Temos um calendário muito preenchido. Os tenistas que estiveram em bom plano no US Open não estão em Roma esta semana, Além disso, a transição de piso rápido para terra batida é muito complicada e eu já tinha bem vincada a ideia de que queria ser protagonista e desempenhar um bom papel em terra batida”, afirmou.

 

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.