Medvedev: «Por alguma razão o Bautista não tem melhor ranking»

Por José Morgado - Março 31, 2021
medvedev-ausopen-final

Daniil Medvevev, número dois do Mundo, vai defrontar esta quarta-feira à noite o espanhol Roberto Bautista Agut, 12.º ATP, nos quartos-de-final do ATP Masters 1000 de Miami, nos Estados Unidos. O russo de 25 anos nunca conseguiu derrotar o espanhol de 32 na sua carreira (0-2 no confronto direto), mas acredita que vai fazê-lo pela primeira vez neste encontro.

“O Roberto Bautista é um grande jogador e muitas vezes me questiono a razão pela qual ele não tem um ranking melhor. Mas por alguma razão não tem, pelo que tenho de explorar essa razão para ganhar o encontro”, disparou em conferência de imprensa. “Vai ser um encontro novo. Mesmo que já tivesse perdido 10 vezes com ele, poderia ser ganhar. Aconteceu entre o Federer e o Robredo [o espanhol venceu o 11.º encontro com o suíço após 10 derrotas seguidas]“.

 

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt