Mayar Sherif histórica no Australian Open: «Significa muito»

Por Bola Amarela - Fevereiro 10, 2021
sherif

Mayar Sherif, de 24 anos, fez história esta terça-feira no Australian Open, ao tornar-se na primeira jogadora do Egipto a vencer um encontro do quadro principal de um torneio do Grand Slam, em Melbourne. A tenista oriunda da fase de qualificação já tinha sido a primeira do seu país a jogar o quadro principal de um Major em 2020, quando passou o ‘qualy’ de Roland Garros, em setembro.

A jovem natural do Cairo derrotou a francesa e também “qualifier” Chloe Paquet, em dois equilibrados sets, com os parciais de 7-5 e 7-5, em uma hora e 41 minuto. Na segunda ronda, Sherif, 131.ª WTA, vai defrontar a jovem eslovena Kaja Juvan.

“Obviamente que isto significa muito, porque foi uma barreira que finalmente consegui ultrapassar, uma barreira mental. Estou muito contente com a minha conquista e vou lutar por mais”, confessou a jovem residente em Elche, Espanha.

Mayar Sherif falou ainda de como tem sido reconhecida no seu país. “É uma sensação tão maravilhosa, especialmente quando as crianças me reconhecem. Quero que acreditem nelas próprias e, ao olharem para mim, queiram ser como eu”, acrescentou a tenista, que vai agora tentar escrever nova página no ténis egípcio.

Bola Amarela