Martina Navratilova e Jim Courier não perdoam Fabio Fognini após incidentes no US Open

Por admin - 5 Setembro, 2017

Os ex-número um mundial Jim Courier e Martina Navratilova comentaram a expulsão de Fabio Fognini do US Open e a consequente multa de $24.000, após os comentários inapropriados do italiano para com a árbitra de cadeira Louise Enzgell, durante o encontro frente a Stefano Travaglia relativo à primeira ronda do US Open.

“É uma grande multa para um jogador que tem historial neste tipo de comportamentos. Penso que não deveria ser apenas a ITF a investigar este tipo de situações, a ATP também devia fazê-lo porque isto é muito sério”, disse Courier em declarações ao Tennis Channel“Lamento pela dupla de pares que foi batida pelo Fognini porque levaram quatro dias para o banir, o que é muito dadas as imagens que toda a gente viu na televisão”.

Courier vais mais longe e não desculpa o italiano neste incidente. “Um atleta pode ter comportamentos maus durante a competição e no calor do momento, também me aconteceu. Mas se insultas um árbitro o problema é muito mais sério”.

Já Navratilova referiu que este tipo de comportamentos já era recorrente na sua época, embora admitindo que é algo que não deveria acontecer. “Eu ficava ofendida quando as outras pessoas me insultavam da pior forma durante a minha carreira. Mas se um tenista começa a insultar tudo e todos, o seu comportamento não pode ter lugar no ténis”.

Recorde-se que Fognini já reagiu às acusações das quais é alvo, referindo que além de sempre ter respeitado as mulheres, este é um tipo de comportamento da qual se arrepende e que promete nunca mais voltar a ter.