Marcelo Rios está a treinar prodígio chinês: «Esquerda e direita são melhores que as do Alcaraz»

Por Nuno Chaves - Agosto 4, 2022

Marcelo Rios é um dos nomes mais incontornáveis da modalidade e, aos 46 anos, o antigo número um do mundo está a estrear-se como treinador.

O chileno está a treinar a promessa chinesa Juncheng Shang: jovem de apenas 17 anos, ex-número um de juniores e atualmente já dentro do top 350 mundial.

Espera-se um futuro risonho para o chinês e parece ter a aprovação do sempre irreverente e exigente Rios. “Lembra-me muito a mim, é muito parecido na maneira de ser. Nunca fiquei tão impressionado ao ver alguém jogar. Já o tinha visto jogar com o Shapovalov, chamou-me a atenção, mas não o pesquisei muito”, admitiu ao La Tercera.

E claro, como seria de esperar, Marcelo Rios não teve problemas em fazer comparações com um dos jovens do momento. “Tem melhor esquerda que o Alcaraz, também tem uma melhor direita porque é mais pesada. Serve melhor mas o Alcaraz é um conjunto de coisas porque mentalmente é muito forte e tem outras características. O Shang também se mexe muito bem e estica-se como o Djokovic, chega a tudo e sem muito esforço mas não gosto disso porque abusa demasiado dessa facilidade”, reforçou.

Rios também aproveitou para deixar uma ‘bicada’ ao pai de… Stefanos Tsitsipas. “O Shang é filho único, mas o pai não se mete em nada, não é como o pai do Tsitsipas. Traz-me água e os grips. A mãe é igual. São um amor”, frisou.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.