Mannarino conquista o seu terceiro título de uma época de sonho aos 35 anos

Por José Morgado - Novembro 11, 2023
mannarino sofia
LAP.bg/ATP

Adrian Mannarino concluiu este sábado com mais um título a melhor temporada da sua carreira, aos 35 anos, ao sagrar-se campeão do ATP 250 de Sófia, um dos últimos torneio da temporada regular do circuito ATP. É o quinto título da carreira do francês e terceiro da época, depois de Newport e Astana, tudo numa segunda metade de ano de luxo, na qual tem sido um dos melhores jogadores do Mundo.

Na final do torneio búlgaro, Mannarino, de 34 anos e 25.º ATP, derrotou o jovem britânico Jack Draper, de 21 anos, 82.º da hierarquia mundial e a estrear-se em finais de torneios ATP, por 7-6(6), 2-6 e 6-3, num duelo muito equilibrado desde início. Draper, que vinha de nove vitórias seguidas, ainda não acaba a época, pois vai representar a Grã-Bretanha nas Davis Cup Finals — defrontam a Sérvia de Novak Djokovic nos quartos-de-final.

Mannarino acabará 2023 ou no 22.º posto ou no 23.º, dependendo do resultado da final de Metz, também agendada para este sábado em França.

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt