Mãe de Djokovic desabafa: «Não tínhamos dinheiro quando ele era criança»

Por Patrícia Oliveira - Setembro 19, 2019

Dijana, mãe de Djokovic, desabafou em entrevista sobre alguns momentos da infância do atual número um mundial.

Dijana Djokovic afirma que “sempre pedimos que os nossos filhos fossem bem-educados, inteligentes.  Fomos muito rigorosos na educação deles. As crianças hoje em dia já não são assim, querem ser eles a decidir tudo.”

Quanto ao talento do filho, Dijana afirma que no início não acreditava que ele fosse muito longe: “não acreditava que ele seria número um, mas quando começou a ganhar títulos juniores, comecei a acreditar.”

Jelena Gencic foi treinadora de Novak até aos 13 anos, mas a partir desse momento deixou de poder treiná-lo e foi aí que os pais quiseram mandá-lo para outro sítio para poder continuar a evoluir o seu ténis: “Disseram-nos para ir aos Estados Unidos, mas decidimos logo que não. Então ele foi para a Alemanha. Foi difícil porque não tínhamos dinheiro.”

A mãe afirma ainda que tem imenso orgulho nos filhos, especialmente em Novak por tudo o que conquistou na carreira e na vida pessoal. Recordando o nascimento do tenista, Djiana afirma que foi nessa altura que percebeu que ele era especial: “Quando ele nasceu, gritou muito, tinha acabado de nascer e já parecia ter três meses.”

Patrícia Oliveira