Mãe de Djokovic ‘arrasa’ Federer: «É um bocado arrogante»

Por Tiago Ferraz - Maio 11, 2020
roger-federer

A mãe de Novak Djokovic, Dijana Djokovic, deu uma entrevista ao diário suíço Blick onde deixou duras críticas ao rival de Nole Roger Federer e recorda as dificuldades que teve o início da carreira do seu filho.

“O Srjdan (pai de Djokovic) pediu dinheiro emprestado a pessoas que tinham negócios ilegais. Eles queriam esse dinheiro de volta e, para que se pudesse pagar as dívidas, tinha que pedir dinheiro emprestado a outras pessoas. Era uma «pescada de rabo na boca». Quanto mais rapidamente queriam o dinheiro, mais nos pressionavam. O Srjdan bateu a muitas portas para encontrar um patrocinador. Perguntava-lhes se alguém queria investir no Novak, mas as pessoas não queriam saber. É uma pena para eles, poderiam ter arrecadado milhões hoje em dia”, revela, citado pelo Punto de Break.

A mãe do tenista sérvio recorda ainda a épica final do torneio de Wimbledon de 2019 entre Federer e Djokovic: “O encontro com o Roger em Wimbledon foi o mais difícil do ano passado. No estádio estavam todos a aplaudir o Federer e nós éramos apenas cinco fãs do Novak. Não é agradável dizer que o Federer me incomodou, mas é verdade. Incomodou-me porque Federer é um bocado arrogante. Quando teve esses dois match points eu agarrei-me à minha cruz, que é um amuleto que uso e que me salva nos momentos difíceis. Disse a mim mesma: «Nole, vais conseguir. Já o fizeste muitas vezes. Podes fazê-lo novamente». E acabou por fazê-lo. Deus salvou-o. O Novak também acredita nele. Sente-se protegido e eleito por ele”, disse.

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.