Longe da forma e resultados de outros tempos, Goffin anuncia despedimento do treinador

Por Nuno Chaves - Janeiro 21, 2019
Tennis – Australian Open – Third Round – Melbourne Park, Melbourne, Australia, January 19, 2019. Belgium’s David Goffin in action during the match against Russia’s Daniil Medvedev. REUTERS/Kim Kyung-Hoon – UP1EF1J05RC1O

Depois de uma participação cinzenta no Open da Austrália – foi eliminado na terceira ronda da competição -, o belga David Goffin anunciou o despedimento do seu treinador Thierry Van Cleemput. O número 22 mundial não tem andado numa boa fase, já que além dos inúmeros problemas físicos que tem sentido nos últimos meses, os resultados não têm ajudado em nada.

Em 2018, Goffin não alncançou qualquer título e, em torneios do Grand Slam, o melhor resultado que conseguiu foram os oitavos de final em Roland Garros e US Open. O tenista de 28 anos fica agora sem treinador, resta saber quem vai escolher para entrar na sua equipa técnica no futuro.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.