Lisboa Belém Open: Inês Murta foi a única dos 10 portugueses a vencer no primeiro dia

Por José Morgado - Setembro 26, 2021
ines-murta
FOTO FPT

Arrancou este domingo no CIF mais uma edição do Del Monte Lisboa Belém Open, que não trouxe grandes notícias para a comitiva portuguesa presença na prova. Entre os 10 portugueses (três no Challenger 80 do circuito masculino e sete no ITF W25 do circuito feminino) que entraram em ação, apenas Inês Murta celebrou um triunfo (e muito duro) rumo à segunda ronda da fase de qualificação da prova, que este ano tem homens e mulheres pela primeira vez na história.

A jovem algarvia de 24 anos, número 724 do ranking WTA, derrotou na primeira ronda do qualifying a russa Ekaterina Shalimova, número 500 mundial e diante de quem tinha perdido na semana passada, em Santarém, por 6-2, 4-6 e [11-9], marcando duelo na segunda ronda com a sul-coreana Yeon Woo Ku, 831.ª WTA, que surpreendeu a portuguesa Francisca Jorge (375.ª WTA), por 6-7, 6-1 e  [10-8].

Elizabet Hamaily, Madalena Amil, Matilde Jorge, Beatriz Neves e Sara Lança também perderam todas na primeira ronda do qualifying.

No torneio masculino, três derrotas portuguesas: Luís Faria (774.º ATP) perdeu com o alemão Peter Heller (413.º), por 6-1, 6-7(5) e 6-4; Henrique Rocha (1825.º) cedeu diante do alemão Benjamin Hassan (412.º) por 6-2 e 6-4; e Diogo Morais (sem ranking) estreou-se em Challlengers com um desaire rápido face ao argentino Santiago Rodríguez Taverna (407.º), que se impôs por 6-0 e 6-2.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.