Kyrgios volta a ser o rei das multas: paga 32.500 dólares antes de sair do US Open

Por José Morgado - Setembro 8, 2022

Nick Kyrgios, eliminado nos quartos-de-final de um US Open que parecia ser a sua maior oportunidade para conquistar um Grand Slam, deixou Nova Iorque como o rei… das multas. A sanção por conduta antidesportiva no encontro dos quartos-de-final (partiu duas raquetas no final do encontro) foi de 14 mil dólares e aumenta o somatório para 32.500, de longe o mais alto de toda a competição, tal como já costuma ser habitual para ele noutros torneios…

Apaixonei-me pelo ténis na épica final de Roland Garros 2001 entre Jennifer Capriati e a Kim Clijsters e nunca mais larguei uma modalidade que sempre me pareceu muito especial. O amor pelo jornalismo e pelo ténis foram crescendo lado a lado. Entrei para o Bola Amarela em 2008, ainda antes de ir para a faculdade, e o site nunca mais saiu da minha vida. Trabalhei no Record e desde 2018 pode também ouvir-me a comentar tudo sobre a bolinha amarela na Sport TV. Já tive a honra de fazer a cobertura 'in loco' de três dos quatro Grand Slams (só me falta a Austrália!), do ATP Masters 1000 de Madrid, das Davis Cup Finals, muitas eliminatórias portuguesas na competição e, claro, de 13 (!) edições do Estoril Open. Estou a ficar velho... Email: josemorgado@bolamarela.pt