Kyrgios: «Todos sabiam quem ia ganhar Roland Garros antes de começar»

Por José Morgado - Junho 17, 2019

Nick Kyrgios virou desde muito cedo o ‘chip’ para a temporada de relva. Em vésperas de Roland Garros, o australiano de 24 anos foi treinar aos courts de Wimbledon, disse que o torneio francês não prestava e desistiu já depois do sorteio ser realizado, citando um vírus como justificação para não participar na prova parisiense. Já no Queen’s Club, depois de ter perdido na primeira ronda de Estugarda com o italiano Matteo Berrettini, eventual campeão, Kyrgios revelou que uma das razões pelas quais a terra batida não tem muito interesse — na sua opinião, claro — é pelo facto de ganhar sempre o mesmo!

“Eu sabia que o Rafa Nadal ia ganhar Roland Garros antes de o torneio começar. Eu e toda a gente nesta sala sabíamos quem ia ganhar o torneio. À melhor de cinco sets em terra batida, ninguém ganha ao Rafael Nadal se ele estiver em boas condições físicas. Aquele tipo de court é feito para as careterísticas dele”, disparou o jovem de Camberra, em mais uma demonstração de ‘desdém’ pelo segundo torneio de Grand Slam do calendário.

Kyrgios espera o mesmo tipo de problemas diante de Novak Djokovic ou Roger Federer... em relva. “É igualmente difícil derrotar Federer ou Djokovic em Wimbledon, à melhr de cinco sets. Manter esse nível durante cinco partidas diante desse tipo de rivais é muito complicado. Não espero que seja fácil derrotá-los e penso que isso não tem a ver com o respeito que as novas gerações têm pelo Big Four ou Big Three como tantas vezes ouço falar…”

 

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.