Kyrgios revela ter lutado contra uma depressão: «Sentia que ninguém queria saber de mim»

Por Nuno Chaves - Novembro 8, 2020
kyrgios

Nick Kyrgios é um dos tenistas mais mediáticos do circuito mundial, seja por aquilo que faz de bem… ou mal seja dentro ou fora do court.

O australiano, que só compete em 2021, deu uma recente entrevista à Sydney’s Sunday Telegraph onde deu um outro lado de si mesmo e confessou ter lutado contra uma depressão.

“Estava a lutar e não era apenas com o ténis. Existiam momentos onde estava seriamente deprimido. Lembro-me de acordar em Xangai num ano. Eram 16 horas e ainda estava na cama, com as cortinas fechadas. Não queria ver a luz do dia”, começou por dizer Kyrgios.

“Sentia que ninguém queria saber de mim como pessoa, queriam apenas pegar-me como jogador de ténis e usar-me. Sentia que não podia confiar em ninguém. Foi um lugar solitário e escuro. E as coisas vieram através disso. Perdi a alegria pelo jogo e estava a perder o controlo”, referiu Kyrgios, que já foi diversas vezes penalizado por mau comportamento em campo.

“Entrei numa depressão por causa das coisas que eu pensava que tinha de ser. Tinha medo de ir falar com as pessoas. Achava que as ia decepcionar por não estar a vencer encontros”, concluiu.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.