Kyrgios: «Federer é o maior de todos, como Michael Jordan»

Por José Morgado - Outubro 27, 2020
kyrgios-ana-federer

Nick Kyrgios, australiano de 25 anos que está afastado do circuito desde fevereiro por opção — não quer sair da Austrália em plena crise pandémica — comentou esta segunda-feira pela primeira vez a recente 13.ª conquista de Rafael Nadal em Roland Garros, que o fez igualar o número de Grand Slams de Roger Federer: 20. A discussão sobre o estatuto de melhor de sempre está ao rubro, mas o australiano não tem dúvidas de que para ele é o suíço.

“Não me surpreendeu nada o Nadal ganhar Roland Garros com aquela facilidade. Aquele torneio é como o pátio de casa dele. Nunca vamos ver em nenhum desporto alguém dominar algo da forma que ele domina aquele torneio”, disparou Kyrgios durante um podcast… sobre NBA.

Kyrgios explica por que razão Federer continua a ser o melhor para ele e dá exemplo de Michael Jordan. “Já joguei contra todos e Federer é o jogador mais dominante, mas se olharmos apenas a partir do período em que Nadal começou a ganhar grandes títulos, aí passa a ser ele. Para mim Federer é o maior de todos. É um desportista que está à altura de Michael Jordan, tem essa aura, esse estatuto. Joga bem em todas as superfícies e a maneira como joga ténis é especial e inexplicável”.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.