Kohlschreiber e a longevidade de Federer: «Não serve de exemplo…»

Por José Morgado - Dezembro 24, 2019
Kohlschreiber-Federer

Philipp Kolschreiber, veterano tenista alemão, viveu em 2019 a pior época da sua carreira, fechando fora do top 50 pela primeira vez em mais de uma década. Aos 36 anos, Kolschreiber não vê no seu eterno rival Roger Federer — a quem nunca conseguiu vencer — um exemplo na questão da longevidade porque como Federer… não há ninguém!

“Ele não é um exemplo porque ele é um atleta anormal. Joga 12 torneios por ano e continua a ser número 3 do Mundo. É absurdo. Eu também gostava de poder fazer o mesmo, mas não é possível”, confessou, antes de desenvolver a ideia. “Para os tenistas normais, quando jogamos menos começamos a jogar pior. Eu preciso de torneios, quanto mais jogo melhor jogo e preciso de treinar bem. O Federer é diferente“, lembra.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.