Khachanov derrota Kyrgios em jogo onde o australiano escapou (por completo) a desqualificação

Por Nuno Chaves - Agosto 15, 2019
Khachanov

Karen Khachanov, número nove mundial, alcançou esta madrugada uma das vitórias mais… surreais da sua carreira. O russo afastou Nick Kyrgios na segunda ronda do ATP 1000 de Cincinnati, num jogo onde o australiano protagonizou cenas verdadeiramente lamentáveis. Mas vamos começar pelo jogo.

Khachanov venceu com os parciais de 6-7(3), 7-6(5) e 6-2, num encontro em que teve duas partes totalmente distintas. Khachanov entrou claramente melhor e chegou com relativa facilidade até ao 5-2. Kyrgios, que estava a sentir dores no pé direito, recebeu assistência do fisioterapeuta e a partir daí… tudo mudou.

Subiu (drasticamente), recuperou a desvantagem – muito também por culpa de vários erros do russo – e acabou mesmo por se superiorizar no tie-break, mas sem antes salvou um set point a 5-6… com um ás no segundo serviço.

No segundo set, o equilíbrio manteve-se como nota dominante e foi apenas ao nono jogo que chegou o principal momento de destaque: com 4-4 no marcador e Kyrgios a servir, o australiano foi obrigado a salvar quatro break points. Só que Khachanov, apesar de não ter aproveitado as oportunidades, superiorizou-se em novo tie-break e levou tudo para a negra.

Mas foi durante o segundo set que começaram os problemas de Kyrgios frente ao árbitro. Durante grande parte do parcial, o jogador de Camberra criticou, constantemente, que o juiz máximo fosse muito rápido a colocar em ação o relógio e chegou mesmo a insultá-lo várias vezes. Mas ainda houve pior. No final do segundo parcial foi aos balneários e… destruiu as suas raquetas, mas o árbitro acabou por não dar qualquer warning (já tinha recebido dois, portanto, o terceiro set iria iniciar-se com jogo direto para Khachanov). Com tudo o que aconteceu ao longo do encontro, se Kyrgios fosse desqualificado… não surpreendia ninguém.

Voltando ao jogo, no terceiro set, Khachanov, que teve de lidar com tudo isto durante vários minutos, acabou por fazer um break decisivo ao sexto jogo e conseguiu mesmo fechar um jogo peculiar.

Nos oitavos de final da competição, Khachanov defronta o francês Lucas Pouille.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.