Karolina Pliskova não gosta de comparações com Vandeweghe: «Não nos colocaria 'no mesmo saco'»

Por admin - 5 Setembro, 2017

Partilham o mesmo circuito, são duas jogadoras possantes, estão ambas nos quarto-de-final do Open dos Estados Unidos vão até subir ao mesmo court esta quarta-feira, em Flushing Meadows. Pode dizer-se que Karolina Plikova e Coco Vandeweghe têm muito em comum, mas não o suficiente para se poder dizer que ‘são farinha do mesmo saco’, diz a número um mundial.

“Temos a mesma potência nas pancadas, mas não me colocaria no mesmo saco que ela (risso), nem mesmo em termos de personalidade“, disse a jogadora checa em conferência de imprensa. “O nosso plano de jogo é agressivo, mas ela é mais – não diria ‘desordenada’ – mas arrisca mais. Mesmo que mande a bola para fora cinco metros, não se importa. Eu sou diferente, não é o meu estilo de jogo”, analisou.

Confrontada com as palavras de Pliskova, Vandeweghe admitiu ter dificuldade em definir o seu estilo de jogo. “Não sei o que significa isso dos cinco metros. O meu ténis – não sei se consigo descrevê-lo em tantas palavras. Acho que é um pouco mais complexo do que o ténis dela, como ela disse, mas não sei”.

Pliskova vai tentar impedir que a jogadora da casa alcance a segunda meia-final do Grand Slam do ano e da carreira, e garantir que se mantém na liderança do ranking. No confronto direto, as duas têm cada uma duas derrotas e duas vitórias.