João Sousa vê Carreño Busta desistir e iguala MELHOR prestação em torneios do Grand Slam

Por Pedro Almeida - 30 Agosto, 2018

João Sousa, número um português e 68.º do ranking ATP, carimbou esta quinta-feira à noite o passaporte para a terceira ronda do US Open, ao ver o seu adversário Pablo Carreño Busta, 12.º da classificação, desistir no início da quinta partida, quando o português liderava por 4-6, 6-3, 5-7, 6-2 e 2-0, ao fim de 3h07 de embate.

Na terceira ronda, Sousa, que jogou a muito bom nível durante os quatro sets, vai ter pela frente o vencedor do compromisso entre o francês Lucas Pouille, 17.º cabeça de série em Nova Iorque, e o cipriota Marcos Baghdatis, ex-top 10 mundial e atual 93.º da hierarquia.

Com este resultado, o vimaranense, treinado por Frederico Marques, regista a sua melhor vitória de sempre em provas do Grand Slam em termos de ranking e iguala a melhor prestação da carreira em eventos deste nível.

Esta é ainda a sexta vez que Sousa se apura para a terceira eliminatória de um torneio desta categoria, depois de o ter feito também no US Open 2013 e 2016, assim como no Australian Open de 2015 e 2016 e em Wimbledon, igualmente na temporada de 2016.

Pedro Almeida