João Sousa: «Percebo que Djokovic tem os seus ideais mas está a ser um bocadinho egoísta»

Por José Morgado - Janeiro 11, 2022
joao-sousa-djokovic

João Sousa, número um português e atual 140.º colocado do ranking ATP, entrou esta terça-feira com uma vitória confortável no Australian Open e no final do encontro mostrou-se contente pela passagem à segunda ronda do qualifying.

“Foi um bom encontro da minha parte, com bom nível. Nem sempre é fácil começar bem um torneio, especialmente um Grand Slam, mesmo que seja a fazer de qualificação. Ela um rival perigoso, que bate forte na bola e serve bem, pelo que estou muito contente. Consegui lidar bem com ele e com as adversidades”, confessou o vimaranense de 32 anos.

Sousa comentou ainda o tema do momento, relacionado com a chegada de Novak Djokovic à Austrália. “Djokovic tem os seus ideais. O que está a acontecer não é bom para o ténis. Consigo colocar-me no lugar dele e entender aquilo pelo qual está a passar, percebo que é aquilo em que ele acredita, mas é uma atitude um bocadinho egoísta para com os colegas de profissão porque muitos de nós — não é o meu caso — também não queríamos vacinar-nos e tivemos de fazê-lo para poder jogar. Eram as regras. Acaba por ser uma regra que o Djokovic conseguiu contornar. E foi o único que não está vacinado a entrar cá e a competir neste Grand Slam. Para todos os outros jogadores não é uma decisão fácil de aceitar. Mas entendo que ele defenda os seus ideais. Temos de aceitar e interessa é que esteja tudo bem, com saúde.”

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.