João Sousa não resiste a Goffin e despede-se do Millennium Estoril Open

Por Susana Costa - Maio 2, 2019
Sousa-Goffin

É o adeus do campeão em título. João Sousa, número um nacional e 51 mundial, foi travado por David Goffin, antigo top 10 e atual 26.º ATP, na segunda ronda desta quinta edição do Millennium Estoril Opem. O vimaranense de 30 anos cedeu pelos parciais de 6-3 e 6-2, num encontro que teve a duração de uma hora e 21 minutos.

Com as temperaturas altas a marcar a tarde desta quinta-feira, o belga de 28 anos mostrou estar perfeitamente adaptado às condições do Estádio Millennium, ora ditando o ritmo do fundo do court, ora puxando o jogador de Guimarães para a rede. Tentando reagir, João Sousa foi esticando a corda, cometendo erros que acabaram por lhe sair caro.

Depois de passar pelo primeiro set sem ter confirmado mais do que um jogo de serviço, o primeiro do encontro, o número um português entrou na segunda partida disposto a mudar o rumo do encontro. Chegou ao 2-2 depois de salvar break points em ambos os jogos de serviço, mas continuava sem conseguir façar mossa com o ‘saque’ e encontrar soluções nos jogos de serviço do belga. Acabaria por ser quebrado no sexto jogo, deixando escapar a oportunidade de lutar pelo set e pelo encontro.

João Sousa fica, assim, impedido de alcançar os quartos-de-final da prova ATP 250 nacional e de defender os pontos conquistados com o título do ano passado, surgindo fora do top 70 na próxima atualização dos ranking, na próxima segunda-feira.

 

Susana Costa
Descobriu o que era isto das raquetes apenas na adolescência, mas a química foi tal que a paixão se mantém assolapada até hoje. Pelo meio ficou uma licenciatura em Jornalismo e um Secundário dignamente enriquecido com caderno cujas capas ostentavam recortes de jornais do Lleyton Hewitt. Entretanto, ganhou (algum) juízo, um inexplicável fascínio por esquerdas paralelas a duas mãos e um lugar no Bola Amarela. A escrever por aqui desde dezembro de 2013.