João Sousa: «Jogar contra Djokovic é como defrontar uma parede»

Por Bola Amarela - Julho 28, 2020
joao-sousa-djokovic

João Sousa, número um português e 66.º colocado do ranking ATP, foi entrevistado pela ‘Eleven Sports’ e falou sobre alguns dos momentos mais relevantes da sua carreira. O vimaranense de 31 anos recordou os confrontos com Novak Djokovic, lembrando as seis derrotas diante do sérvio, com o qual nunca conseguiu ganhar qualquer set, ainda que jogando cada vez melhor…

“Jogar contra o Djokovic é como jogar contra uma parede, é incrível. É o jogador que mais joguei e mais vezes perdi. Mas cada vez que perdi, perdi cada vez melhor“, confessou o minhoto, que garante estar cada vez mais confortável quando defronta tenistas de topo. “Hoje em dia já não fico nervoso por jogar contra os melhores do mundo, o objetivo é sempre tentar vencer.”

Sousa voltou a defender o sérvio de 31 anos, atual número um mundial, na recente polémica em torno do Adria Tour, prova que o sérvio promoveu e que acabou num surto de coronavírus. “Acho que estamos a dar muito ênfase a um erro do Djokovic mas o erro foi da organização. O Djokovic não fez isto por dinheiro, mas sim para ajudar o ténis. Houve muita crítica, eu também não achei correto porque não se adotaram as medidas necessárias, mas as críticas devem ser para a organização e não para o Novak Djokovic.”

Bola Amarela