João Sousa faz a sua melhor exibição de 2021 mas perde com Nishikori em Indian Wells

Por José Morgado - Outubro 8, 2021
joaosousa2

João Sousa, melhor tenista português de todos os tempos e atualmente caído para o 182.º posto do ranking ATP na ressaca de dois anos muito duros — com lesões e muitas desilusões –, está aos poucos a mostrar uma subida de forma reveladora de que o seu lugar ainda é, pelo menos, entre a elite do top 100 mundial.

Depois de passar a fase de qualificação no ATP Masters 1000 de Indian Wells sem perder qualquer set, o vimaranense de 32 anos não teve grande sorte no sorteio e acabou eliminado na primeira ronda diante do japonês Kei Nishikori, ex-top 5 mundial e atual 52.º ATP, por 6-7(5), 6-3 e 6-2, num encontro de 2h22, em que chegou a ter set e break de vantagem, exibindo-se a um nível a que há muito não víamos. O encontro acabou por ser resolvido depois de Sousa baixar a qualidade do seu serviço — sofreu dois breaks no segundo set e quatro (!) na terceira partida.

Nishikori encara Dan Evans na segunda ronda, ao passo que Sousa regressa aos Challengers já na próxima semana, no torneio da Academia de Juan Carlos Ferrero, em Alicante.

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.