João Sousa ‘espera’ por Djokovic e Thiem para saber se tem de jogar qualifying em Indian Wells

Por José Morgado - Março 6, 2022
sousa-pune

Presente habitual nas eliminatórias portuguesas da Taça Davis, João Sousa, número um nacional, esteve em Portugal até este domingo e só chegará a Indian Wells na madrugada de domingo para segunda-feira, de modo a competir no primeiro torneio ATP Masters 1000 de 2022. O vimaranense de 32 anos ainda não sabe, no entanto, quando vai entrar em court. A fase de qualificação arranca já esta terça-feira (muito em cima da chegada de Sousa a Indian Wells), mas o quadro principal somente na quinta-feira e João está nesta altura a duas desistências de entrar na prova de forma direta…

Este domingo, Alex Molcan e Gianluca Mager desistiram do torneio, deixando Sousa a dois lugares de entrar, sendo que nesta altura há duas dúvidas que persistem entre tenistas de topo: Novak Djokovic, que já anunciou que não pode ir ao torneio por não estar vacinado, mas que ainda não desistiu, e Dominic Thiem, sem jogar desde junho e que, ao que tudo indica, não recuperará a tempo de jogar um evento que venceu em 2019.

Os dois jogadores terão de desistir antes do início do qualifying para que João Sousa (e Henri Laaksonen, que está à sua frente nos alternates…) entre diretamente. Caso a desistência ocorra depois, os lugares destes dois jogadores serão ocupados por lucky losers já depois de concluído o qualifying…

José Morgado
Jornalista do Jornal Record e Comentador Sport TV. Ténis 24/7.