João Menezes perde e está fora do ‘challenger’ de Jerusalém

Por Tiago Ferraz - Maio 21, 2019
joao-menezes

O tenista ‘canarinho’ João Menezes está eliminado do ‘challenger’ de Jerusalém, em Israel, depois de ter perdido com o russo Teimuraz Gabashvili, em três ‘sets’, por 6-4, 3-6 e 6-7(5).

O encontro teve um início pautado pelo equilíbrio visto que ambos os tenistas venceram os seus dois primeiros jogos de serviço, colocando o resultado em 2-2, no quarto jogo.

O primeiro ‘break’ do parcial surgiu, no quinto jogo, quando Gabashvili venceu o jogo de serviço de Menezes (4-2), mas o tenista brasileiro reagiu e, no jogo seguinte, reduziu para 4-3 e, no seu serviço, colocou tudo empatado (4-4).

No décimo jogo, a servir para se manter no ‘set’ inicial, o tenista russo cedeu à pressão, teve dois pontos de ‘break’ contra e, na segunda oportunidade, viu Menezes confirmar a vitória na primeira partida com um 6-4 a seu favor.

No segundo parcial, o tenista russo melhorou, substancialmente, a sua eficácia no serviço, venceu todos os seus jogos e, com dois ‘breaks’, no quinto  (3-2) e nono jogos, concluiu a segunda partida com um resultado de 6-3.

Na terceira partida, os dois jogadores mostraram-se mais competentes no seu serviço, facto que ajudou a que o empate prevalecesse no quarto jogo (2-2).

No sexto jogo, Gabashvili esteve muito bem no capítulo da resposta ao serviço e, depois de beneficiar de dois pontos de ‘break’, conseguiu fazer o 4-2 e, no jogo seguinte, avançou para o 5-2, ficando a apenas a um jogo da vitória no encontro.

Com serviço na mão para confirmar o triunfo, no nono jogo, Gabashvili não esteve bem, perdeu o seu serviço pela primeira vez no ‘set’ e permitiu que João Menezes recolocasse tudo empatado à entrada para os últimos dois jogos.

Até final, não existiram mais ‘breaks’ e o encontro avançou para um ‘tie-break’, igualmente equilibrado, que foi favorável ao tenista russo, que venceu por 7-6(5).

Na próxima ronda do ‘challenger’ de Jerusalém, Gabashvili vai jogar com o francês Gleb Sakharov, sétimo pré-designado.

 

 

Tiago Ferraz
Jornalista de formação, apaixonado por literatura, viagens e desporto sem resistir ao jogo e universo dos courts. Iniciou a sua carreira profissional na agência Lusa com uma profícua passagem pela A BolaTV, tendo finalmente alcançado a cadeira que o realiza e entusiasma como redator no Bola Amarela desde abril de 2019. Os sonhos começam quando se agarram as oportunidades.