João Domingues vence ex-top 30 mundial e garante ‘oitavos’ em Tunes

Por Tiago Ferraz - 17 Abril, 2019
joao-domingues

O tenista português João Domingues venceu, esta quarta-feira, o espanhol Guillermo Garcia López, pelos parciais de 6-4, 5-7, e 6-4 e garantiu o acesso aos oitavos de final do ‘challenger’ de Tunes, na Tunísia.

O encontro começou de forma muito equilibrada, com ambos os tenistas a vencerem os seus jogos de serviço para colocar o resultado em 2-2, no quarto jogo.

O primeiro desequilíbrio no marcador surgiu, no jogo seguinte, quando João Domingues fez o ‘break’ ao tenista espanhol e, no seu serviço, avançou para o 4-2.

Até final da primeira partida, o tenista português esteve muito bem no seu serviço, fez o 5-3, mas o espanhol reduziu para a margem mínima, no nono jogo, deixando Domingues com a responsabilidade de servir para ‘fechar’ o ‘set’ (6-4).

No início da segunda partida, o tenista português manteve o bom nível verificado no ‘set’ inaugural, fez dois ‘breaks’ consecutivos, nos primeiro e terceiro jogos, para fazer o 3-0, mas o espanhol respondeu, quebrou o serviço de Domingues, por duas vezes, e empatou o parcial (3-3), no sexto jogo.

Entre os sexto e nono jogos, o tenista português sofreu duas quebras de serviço consecutivas, nos sexto e oitavo, mas conseguiu fazer o ‘contra-break’ no jogo seguinte (4-5) para, com o seu serviço, empatar o ‘set’ (5-5).

O momento do ‘set’ surgiu, no 11.º jogo, quando o tenista espanhol fez o ‘break’ a João Domingues e confirmou a vitória no parcial, por 7-5, forçando uma terceira e decisiva partida.

No ‘set’ decisivo, João Domingues “sentiu” a forma como perdeu a segunda partida, foi quebrado, logo no segundo jogo, mas fez o ‘contra-break’ e, de seguida, igualou o parcial com um jogo em ‘branco’ (2-2).

O momento do encontro surgiu, no nono jogo, quando João Domingues quebrou, novamente, o serviço a Garcia-Lopez (5-4) e serviu para confirmar a vitória no encontro com um resultado de 6-4.

O tenista português vai jogar o acesso às meias-finais com o vencedor do encontro entre o italiano Roberto Marcora e o argentino Federico Coria, 14.º cabeça-de-série.

 

Tiago Ferraz