Jabeur brilha em Madrid para conquistar um título histórico para o ténis árabe

Por Pedro Gonçalo Pinto - Maio 7, 2022
Créditos: Bruno Alencastro/Bola Amarela

Ons Jabeur continua a trilhar um caminho histórico para o ténis árabe. É que a tunisina tornou-se na primeira árabe de sempre a conquistar um WTA 1000, depois de brilhar para coroar o seu percurso em Madrid da melhor maneira possível. A número 10 do ranking mundial feminino saiu por cima de uma final de estreantes com Jessica Pegula e conquistou o direito de sorrir mais uma vez.

Jabeur selou o destino com os parciais 7-5, 0-6 e 6-2, em menos de duas horas, numa final que acabou por ser uma montanha russa. Depois de um primeiro set em que virou de break de desvantagem e ainda salvou um set point para se colocar na frente, a tunisina foi castigada pela norte-americana ao sofrer um pneu. No entanto, não podia ter reagido melhor e rapidamente se colocou no controlo das operações no terceiro parcial, antes de aguentar os nervos para fechar.

Desta maneira, Ons Jabeur conquista o seu segundo título da carreira, juntando a este o troféu que levantou no ano passado em Birmingham. Com o triunfo, garante também um salto para o 7.º lugar do ranking WTA, igualando o seu recorde pessoal. Já Pegula sobe para o 11.º posto, também um máximo de carreira, embora fique à porta do top 10, algo que garantia caso conquistasse o título.

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.