Impressionante! Peschke tornou-se profissional em 1993 e retirou-se… agora aos 46 anos

Por Pedro Gonçalo Pinto - Abril 9, 2022

E se lhe dissermos que até esta semana havia uma jogadora que se tornou profissional em 1993… e que ainda jogava? É mesmo verdade. Kveta Peschke já não disputava encontros de singulares, variante na qual ocupou um muito respeitável 26.º lugar, mas ainda dava nas vistas em pares, onde ocupava o 62.º posto da hierarquia mundial feminina. Até que, aos 46 anos, decidiu colocar um ponto final numa muito longa carreira, com o adeus a acontecer em Charleston.

A checa viveu como ponto alto da carreira as 10 semanas em que foi número um do Mundo de pares, isto em 2011, quando se sagrou campeã de Wimbledon ao lado de Katarina Srebotnik. Para a história ficam 36 títulos em duplas, com o último a ser celebrado na temporada passada, em Chicago, em conjunto com Andrea Petkovic.

Outro momento muito especial na carreira de Peschke aconteceu precisamente em 2011, quando se revelou decisiva na final da então denominada Fed Cup. Diante da Rússia, em Moscovo, conquistou o ponto decisivo ao lado de Lucie Safarova para dar o título à República Checa.

Agora, aos 46 anos, decidiu que chegou o momento de pendurar as raquetes e de colocar um ponto final numa carreira que começou profissionalmente em 1993.

https:\/\/bolamarela.pt//bolamarela.pt//twitter.com/NickMcCarvel/status/1512288856305020932?s=20&t=I4BRroVnKWB5zMnARhntYg

  • Categorias:
  • WTA
Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.