Hingis promete: "Como a história mostra, não consigo ficar longe do ténis durante muito tempo"

Por admin - 26 Outubro, 2017

À terceira vez é mesmo de vez. Sem que nada o fizesse prever, Martina Hingis vai dar esta semana, nas WTA Finals, por concluída uma carreira de 23 anos e recheada de títulos e de muitos sucessos.A jogadora suíça deixou esta tarde uma emotiva mensagem no Facebook onde agradece o apoio de todos os que estiveram do seu lado ao longo dos anos, prometendo novidades e novos projetos para o futuro. Sempre relacionado com o ténis.
Com mais de 100 títulos conquistados a nível profissional tanto em singulares como em pares, 25 dos quais em torneios do Grand Slam, Martin Hingis vai colocar um ponto final num percurso que durou até aos seus 37 anos. “Olhando para trás, custa-me a acreditar que há exatamente 23 anos tive a minha estreia como profissional. Os anos que se seguiram foram dos melhores da minha vida, tanto a nível pessoal como profissional, mas acredito que chegou o tempo de me retirar depois do meu último encontro aqui em Singapura”, disse a helvética, atual número um mundial de pares, na sua página oficial do Facebook
A competir em Singapura ao lado de Yung-Jan Chan, com quem venceu todos os nove títulos na presente temporada, Hingis teve grande parte dos seus sucessos neste segundo regresso ao circuito ao lado de Sania Mirza nas temporadas de 2015 e de 2016, com quem venceu outros 14 troféus.

“Isto não é um ‘adeus’. Como a história mostra, não fui capaz de me manter longe do ténis durante muito tempo e estou ansiosa para ver as novas oportunidades e desafios que se aproximam. Acredito que o melhor ainda está para vir e vou continuar a partilhar as minhas experiências convosco!“, acrescentou Hingis.

A veterana já está nas meias-finais das WTA Finals, torneio que venceu três vezes em pares e mais duas em singulares.