Há 16 anos que Federer não perdia um encontro tão depressa

Por Nuno Chaves - Agosto 16, 2019
Aug 15, 2019; Mason, OH, USA; Roger Federer (SUI) wipes his face with a towel during a stop in play against Andrey Rublev (RUS) during the Western and Southern Open tennis tournament at Lindner Family Tennis Center. Mandatory Credit: Aaron Doster-USA TODAY Sports – 13213233

A eliminação de Roger Federer frente a Andrey Rublev nos oitavos de final do ATP 1000 de Cincinnati foi o grande destaque da jornada desta quinta-feira.

O encontro ficou marcado pela curta duração, tanto que… o jovem russo já entrou numa lista muito restrita. É que Rublev fez o que apenas outros dois tenistas conseguiram ao derrotar Federer: vencer em menos de 65 minutos.

Precisamos de recuar 11 anos para encontrar a última vez que isto aconteceu: na altura, Mardy Fish venceu o helvético por 6-3 e 6-2, nas meias-finais de Indian Wells, em apenas 64 minutos. Tirando este jogo, apenas o argentino Franco Squillari, em 2003, derrotou Federer em tão pouco tempo.

Aliás, Squillari foi mesmo o jogador que derrotou Federer em menos tempo em toda a carreira do helvético. Neste jogo, ou seja, há 16 anos, o argentino venceu na primeira ronda em Sydney por 6-2 e 6-3, em 54 minutos. Rublev, recorde-se, afastou o número três mundial em 61 minutos.

Nuno Chaves
Jornalista na TVI; Licenciado em Ciências da Comunicação na UAL; Ténis sempre, mas sempre em primeiro lugar.