Gonçalo Oliveira não resiste à primeira ronda em Cortina

gonçalo-oliveira

Gonçalo Oliveira, número cinco português e 248.º colocado ATP, não conseguiu dar boa sequência à melhor semana da sua carreira, em Poznan, e acabou eliminado esta terça-feira na primeira ronda do Challenger de Cortina, em Itália.
Possivelmente ainda a acusar o desgaste de uma semana intensa na Polónia, onde chegou igualmente à final de pares, Oliveira esteve longe do seu melhor e não resistiu a Andrea Arnaboldi, número 299 ATP, por 6-3 e 6-1, em apenas 47 minutos.
O portuense de 22 anos joga ainda a competição de pares ao lado do brasileiro Guilherme Clezar.