Gonçalo Oliveira é eliminado e Challenger de Banguecoque fica sem portugueses

Por Bola Amarela - 11 Fevereiro, 2019

Gonçalo Oliveira, número 290 do ranking mundial, não resistiu ao mais cotado Enrique Lopez Perez, 243.º ATP, e acabou eliminado na primeira ronda do Challenger de Bangquecoque, na Tailândia, pelos parciais de 6-4 e 6-4.

Com o deslize em singulares, o jogador natural do Porto, de 23 anos, centra-se exclusivamente na variante de pares, onde atua ao lado do australiano Marc Polmans.

A prova tailandesa, que distribui mais de 54 mil dólares em prémios monetários fica, assim, sem representantes portugueses no quadro de singulares, já que Gastão Elias foi também eliminado ao início da manhã desta segunda-feira.