Gonçalo Oliveira cede em maratona de quase três horas no México

Por Pedro Gonçalo Pinto - Abril 5, 2022
Sara Falcão/FPT

Gonçalo Oliveira, número 265 do ranking ATP, esteve perto de conseguir uma grande vitória para colocar um ponto final numa sequência de quatro derrotas, mas ainda não foi desta que o português voltou a sorrir. Na primeira ronda do Challenger da Cidade do México, o portuense caiu aos pés de Juan Ignacio Londero (131.º), num encontro que foi uma autêntica montanha russa.

Oliveira cedeu com os parciais 7-5, 6-7(5) e 6-3, sendo que ainda cometeu a proeza de salvar dois match points no tie break do segundo set. E a verdade é que o português parecia lançado no terceiro parcial, já que teve logo dois break points a abrir, mas não os aproveitou e foi Londero quem alcançou a quebra no oitavo jogo para fazer a diferença. Oliveira já não logrou reagir e acabou mesmo por ver o percurso em singulares terminar logo na primeira eliminatória.

O foco vira agora para os pares, onde defende o estatuto de quarto cabeça-de-série ao lado do indiano Divij Sharan, sendo que a dupla luso-indiano vai medir forças com Jay Clarke Renzo Olivo.

Pedro Gonçalo Pinto
Comentador Sport TV e ligado ao Jornal Record. Ténis acima de tudo.